28/06 / Baixo Condor, um excelente baixo elétrico brasileiro

O baixo Condor está entre os melhores para quem quer dominar o instrumento. Com um excelente custo benefício, o baixo Condor é produzido no Brasil e tem tudo para ser um dos melhores da categoria, sobretudo para os iniciantes no instrumento.

Produzindo baixos com 4, 5, e 6 cordas, a Condor tem o baixo elétrico que mais se adequa à sua necessidade e aprendizado.

Sem precisar dispor de muito dinheiro na hora de comprar seu baixo Condor, o futuro baixista pode fazer um investimento que valerá a pena. A Condor possui sede em Goiás e de lá distribui seu baixo elétrico e outros instrumentos musicais para todo o Brasil.

Alguns famosos já confiam na qualidade do baixo Condor e são grandes endorses da marca. A banda brasileira Matanza, por exemplo, faz uso do baixo Condor. Os baixistas Felipe Andreoli (ex- Angra, atual Almah) e Celso Pixinga, considerado o melhor baixista brasileiro, possuem uma linha de baixo Condor com suas assinaturas cada um.

A banda Matanza usa baixo Condor

 

Baixo Condor – a melhor companhia para iniciantes

Se você está começando agora no mundo da música, o baixo Condor pode ser a sua melhor opção. Além de não precisar gastar muito dinheiro na hora de adquirir seu baixo elétrico, você terá uma boa marca para começar a praticar seus exercícios e começar seus caminhos para ser um grande baixista.

Muitas pessoas elogiam o baixo Condor por possuir uma anatomia perfeita para se acostumar com o instrumento – claro que um pouco também depende da dedicação pessoal de cada um, mas tendo um ótimo baixo elétrico em mãos tudo pode se tornar mais fácil.

Um grande baixista também deve ser aberto a todos os estilos musicais. O baixo elétrico é popular nas bandas de rock, mas possui suas origens no blues e embasa toda e qualquer melodia do mundo da música. Ou seja: o baixsta, além de aprender a tocar baixo elétrico, deve aprender também um pouco da história da música para saber as diversas maneiras de se tocar e levar técnicas de um estilo para o outro. É isso que faz um músico ser completo.

Assista aqui um vídeo demonstrativo do baixo Condor:

 

Saiba mais sobre o baixo elétrico

O baixo elétrico é um instrumento que possui de quatro a seis cordas, e um som mais grave do que a guitarra, apesar de ser bastante semelhante ao instrumento. Porém, o baixo elétrico possui um corpo maior, um braço mais longo e uma escala mais extensa.

A afinação de um baixo elétrico é exatamente igual à afinação de um contrabaixo de orquestra, tendo o baixo elétrico de quatro cordas as mesmas cordas finais de uma guitarra (Mi, La, Ré e Sol). O baixo elétrico, em apresentações em público, deve ser sempre amplificado, já que seu corpo sólido torna difícil a audição do som de suas cordas.

O baixo elétrico foi criado em 1951 por Leo Fender, e o baixo Condor está entre os melhores da categoria no mundo. 

Comentários: