16/06 / A diferença entre baixo e guitarra - já pensou em tocar baixo?

O baixista de uma banda geralmente é injustiçado porque acabam o chamando de guitarrista, já que muita gente ainda não sabe a diferença entre baixo e guitarra. E há ainda quem diga que tocar baixo não faz muita diferença no som. Mas o instrumento, na verdade, é um dos grandes responsáveis por equilibrar o ritmo das músicas, e cumpre uma função completamente diferente da guitarra.

Para começar, uma coisa simples: uma diferença entre baixo e guitarra é o número de cordas. O baixo possui 4 cordas, enquanto a guitarra, 6.

O inventor de ambos os instrumentos, no entanto, é o mesmo: Leo Fender. O baixo elétrico surgiu no começo dos anos 50, e apesar da diferença entre baixo e guitarra, a base foi a mesma: um captador que recebe a vibração das cordas e transforma-as em um sinal elétrico que é levado até o amplificador. A principal diferença entre baixo e guitarra, no entanto, está no tamanho do instrumento musical e no som que ele produz, que é sempre mais grave do que o som produzido pela guitarra.

O baixo elétrico é proveniente do baixo acústico, e demorou para ser aceito entre os instrumentistas por ser um pouco diferente de tocar. Mas a partir dos anos 60, com a explosão do rock ‘n’ roll, ele começou a dominar as bandas que vinham surgindo, e todos começaram a tocar baixo.

Mas não precisa se sentir mal por não saber a diferença entre baixo e guitarra. Agora você já sabe, mas Michael Stipe, vocalista do R.E.M., não sabia a diferença entre baixo e guitarra até o segundo álbum de sua banda. Preocupado apenas com a voz, Stipe não conhecia o processo de gravação. “Eu só sabia que o baixo tinha quatro cordas porque eu sabia contar, mas não sabia que ele tinha notas graves”, contou à BBC.

Tocar Baixo

Já pensou em tocar baixo?

Mais do que mostrar a diferença entre baixo e guitarra, Paul McCartney é conhecido como o baixista das mãos de ouro. Tendo tocado guitarra e até mesmo bateria nos Beatles, foi quando ele começou a tocar baixo que encontrou seu ponto ideal. Assista aqui um vídeo que mostra Paul ensinando a tocar baixo. Dá para entender, de uma vez por todas, qual a diferença entre baixo e guitarra, de uma maneira bem interativa.

E quem sabe você não descobre que tocar baixo é a melhor opção para você? 

Tocar baixo é mais fácil?

Apesar de possuir menos cordas, tocar baixo requer o mesmo estudo da guitarra. É um instrumento complexo, que exige bastante dedicação para ser executado com precisão - mas, quando dominado, permite que o baixista se reinvente dia após dia.

Além de Paul McCartney, muitos outros nomes como Noel Redding (The Jimi Hendrix Experience) e o jazzista Stanley Clarke se destacam por dominar o instrumento musical.

Comentários: